Procurar na Bubok

Guilherme Jaber Lorinho

LORINHO, era um garoto extremamente pobre, morava em um sítio nos arredores da cidade de Patrocínio. Participou de um concurso em que a escola mais cara da cidade promovia todos os anos. Filho de pais que trabalhavam na roça, como bóia fria... Ganhou o concurso, onde como tema de redação, usou a história de luta de seus pais, mas mantendo o sigilo dos nomes. Acabou comprando uma briga que nem ele saberia se podia suportar. GUILBER acabara de se mudar para a cidade. Estava vindo de Belo Horizonte. Era mês de Abril, e com isso teria de se esforçar para não ser prejudicado nos estudos. Entrou para o colégio onde Lorinho já estudava, e foi parar justamente na mesma sala de aula e sentar na mesma carteira. PAULA, mesmo com pouca idade, trabalhava na casa de Guilber como empregada doméstica. Entrou na casa quanto tinha ainda quatorze anos. Loira de olhos verdes, veio do sul onde morava em um sítio na pequena cidade de Treze Tílias, Santa Catarina. Por motivos financeiros, o pai acabou vendendo tudo e foi morar em uma cidade de Minas Gerais, Presidente Olegário, onde teve seu primeiro contato com a família de Guilber.

Paula não estudava na mesma escola, mas entrou na vida de Lorinho, assim que se bateram de frente. Foi amor à primeira vista. Parecia que nada poderia afastar os três de uma linda amizade. Mas veio o final dos estudos e cada um seguiu seu caminho. Guilber foi para o Rio de Janeiro, seguir os passos do pai. Paula e Lorinho ficaram na cidade.

 

Quinze anos se passaram desde a separação dos três. Então, um acidente de forma trágica interveio no caminho deles fazendo com que se reencontrassem, mudando o destino de suas vidas para sempre.