Procurar na Bubok

Pedro Barbosa

Pedro Barbosa é licenciado em Filologia Românica pela FLUC, pós-graduado em Estética Informacional pela ULP de Estrasburgo e doutorado em Ciências da Comunicação (Semiótica) pela UNL. Foi durante mais de 30 anos professor e investigador em várias universidades em Portugal e no estrangeiro (França, Itália, Brasil). Foi investigador no CCL (UNL), CERTEL (UA, França), NUPILL (UFSC) e NuPH (PUC-SP, Brasil). Fundou na UFP o primeiro centro de pesquisa no país em Ciberliteratura e Texto Automático (CETIC) e integra como colaborador o Centro Transdisciplinar de Estudos da Consciência (CTEC).

Como escritor, publicou mais de 19 livros em áreas muito diversificadas: poesia electrónica, ciberliteratura, teatro, ficção e ensaio (prémio de ensaio APE em 1980).

Para mais pormenores sugere-se a consulta do seu sítio na Web: www.pedrobarbosa.net


Obras principais

Ensaio

·«Teoria do Teatro Moderno» (Prémio de Ensaio da Associação Portuguesa de Escritores - 1982)

·«Aspectos da Renovação Dramatúrgica na Trilogia do Teatro-no-Teatro de Pirandello» (1993)

·«Metamorfoses do Real: arte, imaginário e conhecimento estético» (1995)

·«A Ciberliteratura: criação literária e computador» (1996)

·«Arte, Comunicação & Semiótica» (2002)

·«Teoria do Teatro Moderno: a hora zero» (2ª edição, 2003)

·«Ciberliteratura, Inteligência Computacional e Teoria Quântica» (ebook, 2012)

·«Fábulas Ufológicas e outros ensaios: na órbita da questão extraterrestre» (ebook, 2014)

Teatro

·«Eróstrato» (rito teatral - 1984)

·«Anticleia ou os Chapéus-de-Chuva do Sonho» (peça falada - 1992)

·«PortoMetropolitanoLento» (dramaturgia -1993)

·«PortoImaginárioLento» (2001)

·«Alletsator-XPTO.Kosmos2001» (ópera electrónica 2001)

·«Sacrilégio Teatral» (2ª ed. de Eróstato 2004)

·«Há Alguém Aí?» (2ª ed. de Anticleia 2004)

Ficção

·«O Guardador de Retretes» (logoficção eds. 1976, 1978, 1986, 2007)

·«Prefácio para uma Personagem Só» (quase novela - 1993)

·«Histórias da Menina Minhó-Minhó» (para crianças - 1988, 2009)

Ciberliteratura

·«A Literatura Cibernética 1: autopoemas gerados por computador» (1977)

·«A Literatura Cibernética 2: um sintetizador de narrativas» (1980)

·«Máquinas Pensantes: aforismos gerados por computador» (1986)

·«Teoria do Homem Sentado» (livro electrónico) (1996)

·«O Motor Textual» (livro electrónico infinito) (2001)