Procurar na Bubok

Bárbara Figueira

Nasci a 18 de Junho de 1984.

Desde pequena que tenho muita curiosidade em aprender coisas novas e isso fez de mim um sucesso escolar.  Licenciei-me em Ciências da Educação em Julho de 2007.

Apesar de ser boa aluna no geral, há uma área que sempre tratei com muito carinho: o estudo da Língua Portuguesa. Por conseguinte, gostava de me inspirar nos grandes da nossa literatura e habituei-me a receber elogios das Professoras, quanto à minha forma de escrever, tão correcta (ortográfica e gramaticalmente) e plena de significado.

Encorajada por esses mesmos elogios, escrevi alguns poemas e o primeiro esboço de um livro de aventuras, quando tinha apenas 12 anos. Um dos meus poemas foi publicado no Almanaque da Caminho. Uns meses mais tarde, ganhei o 2º prémio a nível nacional, num concurso promovido pelas Selecções do Reader's Digest, alusivo à dissertação do tema "Pais e filhos - conversar é preciso". Já no ensino secundário, ganhei um prémio por escrever Um Conto de Natal, num concurso promovido pela própria escola.

Com tudo isto, um sonho começou a ganhar forma: eu gostava de ser escritora, era feliz quando escrevia, dava voz a mim mesma porque o fazia de Coração aberto.

Então, depois das turbulências e outras vivências próprias da juventude, achei que tinha material e inspiração suficientes para escrever alguns romances.

Mais tarde, a minha força de viver conduziu-me a ter experiências de vida no estrangeiro (vivi 3 meses na Finlândia e 3 meses no Canadá).

Gosto de contar histórias com um final feliz; talvez porque tenho necessidade de dar um final feliz a algumas ocorrências da minha vida. Contudo também não posso deixar de temperar os meus livros com o interesse que tenho por História, Tradição, Cultura e Viagens. Além disso, ler um livro leve, mas conseguir reter dele alguma informação acerca destes assuntos, é algo que considero não fazer mal a ninguém. Para finalizar, penso que um gosto a mistério, a suspense e a transcendência não ficam mal na receita.