Procurar na Bubok

helderneto

ESPUMA DE ILUSÃO

O tempo perde-se
Entre os dedos
Como espuma
De ilusão.


Um poema de Helder Neto