Procurar na Bubok

varanda

Assim que soube estar grávida, não hesitei em lançar-me num diário sobre o crescimento do meu bebé e as diferentes fases de uma gravidez muito desejada. Podia ter dado voz à grávida que fui, mas decidi fazer do meu embrião o narrador de um diário que terá tanto de ingénuo como de narcisista. Se interessa à generalidade dos leitores? Família e amigos à parte. Nos restantes talvez surja um resquício de curiosidade.