Procurar na Bubok

Cromogénio-vírus, a origem da vontade

Impostos e envio não incluídos
  • Autor: Victor Centúrio Almeida
  • Estado: Público
  • Nº de páginas: 206
  • Tamanho: 170x235
  • Miolo: Preto e branco
  • Paginação: Colado
  • Acabamento da capa: Brilho
  • Downloads: 4
Ver ficha técnica completa
 
O cromogénio-vírus remoto, entretanto extinto na mesma época em que surgiu, há milhões de anos foi a origem da vontade e da projecção da mobilidade; e quando este cromogénio vírus invadiu e ocupou a carga cromossomática.
Estes cromogénios-vírus são os componentes do cromossoma, e da célula, que menos energia necessitam para sobreviver, sendo além disso, os mais potenciadores físicos da célula, moralmente resistentes e influentes.
Foram os vírus-gigantes que transmitiram a faculdade de projectar a mobilidade às multi-mega células imóveis. Estas multi-megacélulas existiram agrupadas em cachos, durante milhões e milhões de anos, tendo afinidades entre si, por cores e funções, e antes de serem colonizadas pelos cromogénios-vírus, que passaram, então, a organizar e dirigir a sua mobilidade.
Aquilo que antes era um coglomerado gigante de cachos de grandes células, recebeu mais tarde  uma super colónia de cromogénios-vírus de milhões de tipos diferentes(espécies); que mais tarde se autonomizaram e expandiram por reprodução.
 
Não existem comentários sobre este livro Registe-se para comentar este livro