Procurar na Bubok

VIVENDO O POENTE

Impostos e envio não incluídos
  • Autor: António Jesus
  • Estado: Público
  • Nº de páginas: 86
  • Tamanho: 150x210
  • Miolo: Preto e branco
  • Paginação: Colado
  • Acabamento da capa: Brilho
  • ISBN Acabamento em capa mole: 978-84-686-5074-6
  • eBooks vendidos: 4
  • Livros vendidos: 42
Ver ficha técnica completa

Ao longo de 43 poemas faz-se uma viagem pelos últimos 50 anos do País, numa forma intimista e pessoal, que alguns partilharão.

São poemas com memória, cuja leitura conduz a factos e datas.

Foram, intencionalmente, deixados tal como foram escritos na época. Pois em cada um existe o palpitar do momento.

Vivendo o Poente permite, aos mais velhos, folhear o livro das recordações, reacender memórias e vivências. Aos mais novos, mostrar que o passado é uma escola que lhes ensina a construir o futuro.

Para todos uma mensagem: Vale a pena lutar por ideais.

4 Comentários sobre este livro Registe-se para comentar este livro
3 de Junho de 2014 por Odilia
Muito bom! Adorei a simplicidade das palavras. Conteúdo cativante que nos faz ler sempre mais...Obrigada tio. Surpreendeste-me. Beijinho e obrigada por partilhares os teus pensamentos.
2 de Junho de 2014 por aasjesus
Comentário feito no Facebook:

Rui Santos Este livro, escrito por alguém que conheço há muitos anos, foi e não foi uma surpresa! Foi, porque desconhecia os seus dotes de poeta e escritor; não foi, porque sempre conheci as suas qualidades intelectuais, o seu aguçado espiritual e excelente espírito crítico! Recomendo que o leiam e ao António Jesus peço que não se deixe ficar por aqui... Continue!
2 de Junho de 2014 por aasjesus
Elsa Rodrigues comentou no facebook: Ao ler o seu livro "Vivendo o Poente" fiquei agradavelmente surpreendida. O seu conteúdo é cativante. Sente-se em cada poema um grande sentimento vivido, que acaba por entusiasmar os leitores. Fascinou-me também a autenticidade, a espontaneidade e a criatividade dos poemas. Não há dúvida de quem faz um poema abre uma janela do seu coração e liberta o que de mais profundo existe no seu interior. Parabéns.
18 de Maio de 2014 por aasjesus
Os poemas procuram sinalizar uma trajetória que se inicia com a entrada na Faculdade e os primeiros contactos com a realidade do pais, a fome, a guerra, o medo, a opressão , que levam ao 25 de Abril, ao sonho, a liberdade, ao acreditar que tudo será possível , bem patente no longo poema " De ora avante". Depois e a realidade de um pais, perdido em partidos, que não consegue aproveitar a oportunidade histórica e volta a repetir os mesmos erros, até quase nem a esperança restar. Penso que os poemas de Vivendo o Poente, merecem ser lidos e meditados, pois não podemos correr o risco de voltar a perder a liberdade que tanto custou a conquistar. Está a opinião do autor. Espero a vossa. Obrigado.