Procurar na Bubok

Palavras em Tons de Azul

Impostos e envio não incluídos
  • Autor: Virgínia Dias
  • Estado: Público
  • Nº de páginas: 206
  • Tamanho: 150x210
  • Miolo: Preto e branco
  • Paginação: Colado
  • Acabamento da capa: Brilho
  • ISBN eBook em PDF: 978-84-686-8185-6
    ISBN Acabamento em capa mole com badanas: 978-84-686-8184-9
  • Livros vendidos: 11
Ver ficha técnica completa

Apercebi-me desde a adolescência ter um gosto especial pelas palavras escritas. 

Comecei por gravá-las num diário que me foi oferecido quando completei 15 anos. Era um diário de capa de cabedal bege com um cadeado e chave. 

Iniciei a minha escrita naquelas páginas imaculadas para depressa as rasgar;  tal era o receio, de apesar de o diário poder ser fechado à chave, alguém pudesse abri-lo na mesma, e ler o que eu lá tinha escrito. O diário passou a ficar vazio de palavras e eventualmente perder-se numa das muitas mudanças de residência.  

Passei a escrever em folhas soltas que escondia onde podia. 

Rasguei muito do que escrevi ao longo dos anos, porque o que me saía automaticamente da alma num dia, nos outros seguintes já queria emendar. 

Houve quem quisesse corrigir a minha escrita mas não permiti. Acho que a nossa escrita, boa, má ou assim-assim, é como a nossa impressão digital, é única. 

Um dia ouvi um dos meus poemas ser lido numa sessão pública e corei, mas gostei tanto que pensei:…afinal, em vez de escrever em folhas soltas poderia começar a partilhar as palavras… 

Assim – “Palavras Em Tons De Azul - partilhar palavras antes que o vento as leve” passou a ser o blogue onde a partir de 8 de Abril de 2008 partilhei os meus escritos reunindo palavras de amor, crítica ou sátira, todas em tons de azul. 

Os textos, em forma de poesia, narrativa, micro-contos ou contos, acompanhados de humor, desalento ou melancolia - autênticos desabafos conforme os estados de alma de uma criativa de nascença,  em formação contínua para o aperfeiçoamento da vida, foram-se multiplicando ao longo dos anos até surgir a ideia de os colocar em formato de livro, gravando-os para a posteridade. 

Assim, um a um, os escritos tiveram de ser retirados do blogue, por questões que regulamentam os direitos de autor, e começaram a dar entrada neste livro que não poderia ter outro título senão Palavras Em Tons de Azul.

 

 

 

 

 

 

 

 

...[ler mais]
Não existem comentários sobre este livro Registe-se para comentar este livro