Procurar na Bubok

Os espelhos e os muros

Impostos e envio não incluídos
  • Autor: Vítor Centúrio Almeida
  • Estado: Público
  • Nº de páginas: 252
  • Tamanho: 170x235
  • Miolo: Preto e branco
  • Paginação: Colado
  • Acabamento da capa: Brilho
  • Downloads: 8
  • Livros vendidos: 1
Ver ficha técnica completa

 Velocidade do pensamento

 

O registo do pensamento obedece a quatro velocidades diferentes: uma de emissão com raport tendente a zero; duas de recepção e uma de retorno, com raport tendente a menos (-) zero.

                                            A saber:

Uma velocidade natural de pensamento (raport zero, emissão sub atómica e supersónica);

Uma velocidade de recepção de retenção de pensamento (raport menos zero, compreensão e filosamento); uma pós velocidade de retorno (raport menos zero, repesagem do pensamento retido).

Duas velocidades de sub recepção motoras de acção de pensamento (mecânico), escrita, fala e sub recepção de acção física (de movimentos musculares).

As três velocidades são simultâneas e obedecem a um automatismo natural de coordenação (síncrona) tripla, para que produzam efeitos entre si (coordenação de uma velocidade natural de raport zero, com duas velocidades de recepção, de raport menos zero).

O pensamento, a par da epi-atenção (stéreo-consciência) e memória (consciência original de semi-caos, consciência hipotética de retorno)passa adiante pelos biliões de neurónios a uma velocidade instantânea (velocidade natural), determinada pela velocidade natural de pensamento; só uma pequena parte deste pensamento é retido pela vontade, mas de forma automática, numa velocidade recepção de retenção menor (velocidade de compreensão, reflexão e filosamento).

A outra parte do pensamento natural dissipa-se, por ser imatéria sub atómica, sem que produza efeitos, nos neurónios (não existe recepção da mesma).

Uma outra parte, já derivada do pensamento de retenção, é conjugada, pela velocidade de recepção de acção mecânica, de menos zero, para a fala, escrita e movimento, ou postura muscular.

 

                                     Definição de velocidade instantânea

 A velocidade instantânea  do pensamento, é definida como o limite da relação entre o espaço acontecido em um intervalo de tempo, onde este último tende a zero. Quando se considera um intervalo de tempo que não tende a 0, a velocidade é considerada média menos de zero (-). A velocidade instantânea,de pensamento, pode ser entendida, então, como a velocidade dos sub átomos no exacto instante escolhido zero. No movimento em espaço uniforme, a velocidade instantânea coincide com a média em todos os instantes, ou seja: zero. As sub velocidades de recepção e retorno do pensamento, são velocidades de média menos de zero(-).

                                          Organização do pensamento

O pensamento super organiza-se numa função e formação de ideia, proveniente duma mega simetria que se atinge, consequência da força recebida do bosão de Higges.

É devido à força do bosão de Higges, que a neuro-imagem mental adquire uma forma mega simétrica, pela qual se reproduz, em pensamento, a imagem real que lhe corresponde no exterior.

 

 

...[ler mais]
Não existem comentários sobre este livro Registe-se para comentar este livro