Procurar na Bubok

Heloisa Lima

O que falar dos meus versos Falar deste jeito, em prosa  Não sei o que dizer. Só sei que gosto deles. Assim como se gosta de algo, sem saber bem o porquê.

Não. Não me saem fáceis, os versos. Eles são arrancados de mim. Surgem, repentinos, inesperados, sapateando nos palcos das minhas inquietações. Em cenas. Em atos. E eles têm vozes e cenários. São fatos reais ou pura ilusão.

Por vezes aparecem, felizes, despidos, guiados por uma paixão. Por vezes são tristes, vestidos, em mantos e máscaras negras tecidas no escuro das minhas mágoas. Não sei o que são. Só sei que eles gritam, lá dos camarins. E daqui, da plateia, eu os escuto. Obedeço o seu chamado. E escrevo.
Heloisa Lima



Quer informação sobre como publicar a sua obra? Indique-nos o seu telefone e ligamos-lhe sem qualquer compromisso.

Inserir o nome

Inserir o telefone

Inserir o E-mail

Inserir um e-mail válido.

Escolha o estado do manuscrito.

Obrigado por contactar com a Bubok, a sua mensagem foi enviada com sucesso. Um responsável do nosso departamento de apoio ao cliente entrará em contacto consigo com a maior brevidade possível.
Enviar