Procurar na Bubok

phdcarlos

A obra tem como escopo a análise paleográfica e a datação por radiocarbono dos rolos manuscritos, pertencentes ao acervo da Coleção Egípcia do Museu Nacional-UFRJ, conhecidos como “Pergaminhos Ivriim”. O acervo está confeccionado em couro de novilho, com coloração acastanhada e matizes avermelhados. A compilação apresenta-se em alfabeto hebraico quadrático em tinta preta, estável, e bem delineada, indicando bom estado da compilação. Além disso, os pergaminhos apresentam diversas peculiaridades que estão em desacordo com as tradições dos escribas massoréticos. 


Outro dado referente a esse acervo é a incerteza quanto à sua datação, com seu status quaestionis apontando para três hipóteses: entre os sécs. X ao XV d.C., entre os sécs. I ao IV d.C. e no séc. XV a.C. Também não há certeza absoluta quanto à forma pela qual foram adquiridos pelo Museu Nacional-UFRJ; uma das hipóteses aponta para Dom Pedro II em sua viagem à Palestina, entre os anos de 1876 a 1877. 


Em termos de metodologia a pesquisa estrutura-se nos princípios formulados pelo historiador comparativista Jürgen Kocka e nas proposições estabelecidas pelo teórico Michel de Certeau, sendo analisadas as características massoréticas, divisões e erros de transcrição. As análises foram obtidas a partir da confrontação textual entre o texto do Deuteronômio com as transcrições de dois diferentes períodos do texto hebraico: o fac-símile do Códice de Leningrado B19a (ca. 1008-1009) representando o período massorético primitivo (sécs. X-XII), e o fac-símile do Códice Oriental 2626-2628 (ca. 1482-1483) representando o período medieval tardio (sécs. XIII a XVI). 


Para a análise de datação por radiocarbono das amostras de couro foi utilizada a técnica de AMS (Accelerator Mass Spectrometry), tipo Tandem, com dois estágios de aceleração; o sistema para análise de radiocarbono foi constituído por acelerador eletrostático com um único estágio de aceleração SSAMS; com relação às idades de radiocarbono convencionais para cada um dos rolos, a calibração foi realizada com o software OxCal v4.2 usando a curva IntCal13.

Outros livros que lhe podem interessar

A livraria Bubok possui mais de 70.000 títulos publicados. Ainda não encontrou o seu? Apresentamos-lhe algumas leituras recomendadas baseando-nos nas opiniões dos leitores que compraram este livro. Não é o que procurava? Descubra toda a nossa selecção na livraria: ebooks, publicações em papel, de
download gratuito, de temáticas especializadas... Felizes leituras!

A Bubok é uma editora que oferece a qualquer autor as ferramentas e serviços necessários para editar as suas obras, publicá-las e vendê-las em mais de sete países, tanto em formato digital como em papel, com tiragens desde um exemplar. Os acordos da Bubok permitem vender este catálogo em centenas de plataformas digitais e livrarias físicas.
Se quer descobrir as possibilidades de edição e publicação para o seu livro, entre em contacto connosco através deste formulário e começamos a trabalhar com o seu projecto.