Calendario 28 / Julho / 2017 Cantidad de comentario Sem comentários

Todas as personagens de romance bem construídas têm características comuns: uma voz autêntica e distintiva, metas, motivações e defeitos. Oferecemos-lhe alguns conselhos para criar as suas personagens ficcionais.

15 ideias para criar personagens

As personagens do seu romance precisam de motivações que empurrem a historia. Motivadas pelo que desejam, tentam chegar a um objectivo. A tensão provocada pelo encontro entre essas metas e motivações e os obstáculos que tentam afastar a personagem destas, constitui um dos componentes básicos de uma história.

Pergunte-se se a sua personagem poderia ser identificada pela policia segundo uma descrição. Não se limite a descrever a sua personagem em termos básicos e procure recorrer a imagens vivas e a traços que a distingam como marcas distintivas, tatuagens, cicatrizes, etc.

Para criar personagens interessantes, torne-as apetecíveis, alvo de interesse. Atribua-lhes características agradáveis como simpatia ou humildade, bem como um lado humano com os seus medos e limitações. Apesar de que as personagem não têm que fazer sempre o bem, para torna-las mais interessantes, deve tentar aproximá-las ao comum dos mortais.

Crie dinâmicas interessantes entre as personagens e o seu entorno. Definir o sitio onde nasceram, vivem ou trabalham; se se encontram adaptados ou não ao entorno onde se encontram, são factores muito importantes para a trama da sua historia e para a construção da sua personagem.

Utilize personagens secundários opostos à personagem principal para que desta forma se realcem mais as características que o definem.

Construa perfiles de cada uma das suas personagens, de maneira a dar uma sensação de que estão tão vivos que a sua existência vai mais além da história. Alguns aspectos que deve definir na criação dos perfis:

Onde nasceu e foi criado
Quais são as suas crenças politicas, religiosas e/ou filosóficas
Quais os seus medos e desejos
Algo de que está orgulhosa e algo de que tenha vergonha
O que mais valoriza e gosta menos nos outros
Frases feitas e tiques característicos (associados às outras características)

Aprofunde na investigação sobre o comportamento e entorno da sua personagem. Se está a escreve sobre uma determinada época histórica, por exemplo, deve ter em conta questões como crenças ou práticas culturais desse momento.

Descreva as perspectivas tanto do narrador como das diferentes personagens. Os romances ganham um cariz mais interessante quando umas personagens captam as características das outras e reagem a elas, manifestando as suas impressões. Neste sentido, também as reacções do narrador são importantes.

Atribua às suas personagens momentos de introspecção. O mundo interior de cada uma delas nem sempre é acessível, portanto descreva a visão que esta têm face às impressões dos outros.

O autor deve saber todos os pormenores, as suas personagens não. Deve portanto construir certas barreiras entre si e as suas personagens sobre as suas motivações, o passado e o presente. É exactamente nessa omnisciência que reside o factor surpresa da narração.

Utilize contradições internas de maneira a tornar as suas personagens únicas. Ao atribuir-lhes características que não se complementam, as suas personagens serão multidimensionais.

Dê nomes com mensagens subtis às suas personagens. Alguns nomes têm uma mensagem clara, no entanto, pode conseguir um certo simbolismo à volta da sua personagem se lhe atribuir um nome com um significado associado ao seu carácter, mesmo não sendo tão claro.

Evite estereótipos. Neste particular, é essencial distinguir arquétipos de estereótipos. Os arquétipos dão personagens universais e mitológicos e recorrer a eles não implica discriminações ou recurso a falsos mitos, como no caso dos estereótipos, que normalmente são ofensivos.

Permita que as motivações das suas personagens se notem através das suas atitudes. Em vez de descrever explicitamente o que pensam ou acreditam, demonstre-o através dos gestos das suas personagens interactuando com outras personagens. Não tenha medo de mudar a perspectiva da narração. Muitas vezes, para resolver um bloqueio criativo, a solução passa por explorar a voz de uma personagem diferente.

Saiba mais sobre criação de personagens e diálogos nos posts do nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

He leído y acepto las políticas de privacidad