Calendario 28 / Setembro / 2017 Cantidad de comentario Sem comentários

Este ano, quando começamos a pensar numa agenda, decidimos dar prioridade à flexibilidade e à personalização. O resultado é o que lhe apresentamos neste post: a Agenda Livre, uma agenda perpétua, criada para se adaptar ao seu estilo de vida.

Por quê Agenda Livre? Porque alguns anos começam em Setembro, outros em Janeiro e a maioria deles quando cada um de nós de decide. A Agenda Livre permite-lhe começar a utilizá-la quando quiser, sem desperdiçar páginas já marcadas com datas que não têm nenhuma utilidade. O período durante o qual a sua agenda o acompanhará só depende de quando a utilizar.

Como funciona? Muito simples. Pode planificar-se ao seu ritmo com a ajuda das diferentes secções que preparamos para si:

  • Páginas diárias para se organizar. Escreva a data e o seu objectivo, as tarefas pendentes e qualquer apontamento;
  •  12 calendários mensais livres em páginas duplas, para obter uma visão global. Você escolhe que meses e ano preencher;
  • Calendários 2017, 2018 e 2019… Para o caso de se estender no uso da sua agenda!;
  • Espaço para notas nas páginas finais;
  • Secção de livros lidos, emprestados e lista de desejos, para que a leitura também faça parte do seu dia-a-dia;
  • Encadernação com argolas para que seja mais prático o seu uso.

Uma das opções disponíveis é a de personalizar a sua agenda de diferentes formas. Se o seu livro está editado com um tamanho 15×21, pode imprimi-la com a sua capa. Para isso, só tem que entrar na Bubok com o seu perfil de autor e solicitá-la para xo livro que quiser.

Agenda Livre, a sua agenda perpétua personalizada

Se preferir dar um presente a alguém, pode colocar aquela fotografia tão especial na capa e oferecê-la a quem quiser… ou pedir uma para si. Experimente com o nosso simulador para ver o resultado.

E, no caso de gostar da capa que criamos, só tem que encomendar a sua neste link.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

He leído y acepto las políticas de privacidad