Escrita criativa: cinco exercícios para estimular as ideias
Calendario 14 / Janeiro / 2019 Cantidad de comentario Sem comentários

Praticar escrita criativa é um exercício com benefícios para todos. A escrita é um recurso expressivo ao alcance de qualquer pessoa e que podemos usar para estimular a mente ainda que não sejamos escritores. Hoje, te propomos cinco exercícios de escrita criativa para estimular a sua mente e desenvolver novas ideias. Exercício um: Reescreva a sua história favorita. Lembra-se desse filme ou esse livro que adorou tudo exceto o final? Pois, agora tem a oportunidade de fazer que suceda tal… Ler mais

Escrever a sério: as chaves para começar
Calendario 07 / Janeiro / 2019 Cantidad de comentario Sem comentários

Se decidiu começar esse romance que esta a rondar pela cabeça ou se está no meio de um processo criativo, estas dicas serão de grande ajuda. Aqui daremos 5 chaves para começar a escrever a sério.Tomar a decisão de escrever é fácil. O complicado chega quando sentamos frente à pagina branca, verdade? Ter uma ideia, dar-lhe forma a uma história e plasma-la em centos de palavras encadeadas não é uma nada simples. Precisamos de determinação, tempo e montes de imaginação…. Ler mais

Escrever um conto: Ideias e conselhos para começar a contar
Calendario 12 / Novembro / 2018 Cantidad de comentario Sem comentários

Como escrever um conto. Quando nos propomos este projecto, surgem muitas questões. Neste artigo trataremos de lhe dar algumas dicas para a ajudar com esta tarefa. Apesar de um conto ser mais curto que um romance, não significa que seja menos complicado e, se quiser que o seu relato seja perfeito, o melhor é seguir umas pautas. Começar a escrever um romance pode ser um bocadinho assustador, então às vezes pode praticar escrevendo contos.

Fragmento de Saramago. Aprender de um génio.
Calendario 12 / Outubro / 2018 Cantidad de comentario Sem comentários

Um dos escritores portugueses mais importantes é José Saramago. Escrevia histórias de ficção mas que eram reais… eram do mais actual.Ensaio sobre a cegueira é uma das suas mais brilhantes obras aniquiladoras do mais despiedado presente. José Saramago tinha a habilidade de converter a prosa em poesia. Como este fragmento que aqui repetimos: “Levantou a cabeça para as colunas esguias, para as altas abóbadas, a comprovar a segurança e a estabilidade da circulação sanguínea, depois disse, Já me sinto bem,… Ler mais