Calendario 25 / Março / 2019 Cantidad de comentario Sem comentários

Entrevista na Bubok ao nosso autor Carmindo de Carvalho queentrevista nasceu em Nagosa _ Moimenta da Beira, 1955.

 

Em 1966 concluiu o ensino básico. Foi camponês, trabalhou em trabalhos diversos e operário na construção civil. Com dezasseis anos foi para Lisboa, (a grande Selva!). Trabalhou como vigilante numa escola privada e, posteriormente, como empregado num hospital psiquiátrico. Em 1985 emigrou para a Suíça. Depois de trabalhos vários, fixou-se numa fábrica de tubagens metálicas. Durante uma dezena de anos abraçou a vida associativa. Com paixão, deu muito do seu tempo e da sua pele desempenhando cargos vários. A necessidade da escrita surgiu-lhe tarde, já depois dos trinta anos. Recusando escrever para a gaveta, entrega ao vento, a leva dos seus trabalhos pelos cantos do mundo e alguns, (umas centenas), já foram publicados em publicações diversas.

Cumpriu o serviço militar na Marinha, portanto, viajou por vários países. Irrequieto, permanentemente inconformado, munido de uma forte curiosidade e cedendo a vários impulsos, deixou-se levar e em serviço ou lazer, com muito prazer, pisou já cerca de vinte países.

É casado, tem três filhas e vive em Portugal após reformar-se na Suíça.

Bibliografia

( Poesia ) 1 ) Entre o Ter e o Querer, Editorial Minerva 2000 2 ) Entre os Quês e os Porquês, Editorial Minerva 2002

ANTOLOGIAS ou(colectâneas ) 1 ) Mensageiro da poesia Volume I __ Associação Cultural Poética 2 ) Mensageiro da poesia, Volume II 2003 3 ) Mensageiro da poesia , Volume III 2004 4 ) Mensageiro, Volume VII 2008 5 ) Da Outra Margem _Antologia Poética de autores da Diáspora residentes em vários países e continentes. Edição Instituto Camões. Lançada em Genebra aquando da feira internacional do livro e da imprensa, em 2001 6 ) Elos da Poesia _ Colectânea de poemas de autores de língua Portuguesa, recolha feita na NET pelo Grupo _ Elos da Poesia _. Lançado em Lisboa e em vários locais no Brasil . 7 ) Ecos da Poesia __ Grupo da Net _Ecos da Poesia _. Autores vários, lançado em Lisboa e Brasil. 8 ) Dois povos um destino __ do grupo da Net __ECOS da POESIA__ Lançado em Lisboa e Brasil . 9 ) II Antologia de poetas lusófonos 1o ) Poetas nossos municípes. __ Obra editada pela câmara da Moita .

 

– É verdade que já visitou 20 países? Conte-nos quais, porquê, e quais gostou mais e menos.

Sim é verdade que já andei , estive em cerca de 20 países.
Alemanha, Áustria, Suíça, Liechtensteine, Itália, Espanha , França, Holanda, Bélgica, Inglaterra, Escócia,
Noruega, Dinamarca, Montenegro, Grécia, Turquia, Croácia, etc.
Porquê ? Uns por trabalho, outros por férias e um cruzeiro , alguns no tempo de tropa ( Marinha )
De quais gostei mais : Holanda pela cores das suas flores. A Noruega pelos seus Fiordes. A Suíça pela sua verdejante paisagem, excluindo o tempo de inverno – aí pode ficar toda de branco, que também tem muita beleza, mas é diferente.
De quais gostei menos? É claro que gostei mais de uns do que de outros, mas cada qual tem a sua beleza. Quem gostar de montanha, pode não gostar de praia, e no entanto há muita beleza nas praias.

– Quando começou a escrever poesia?

Comecei em 1991

– São três livros na Bubok. São muito diferentes uns de os outros?

É um de Poesia – Entre Olhos e Folhos – e, dois – Entre Margens – Conversas de Papel – de contos, artigos de opinião, crítica social, crónicas, histórias de vida tendo por fundo a temática – Emigração –

– A sua escrita é muito intimista?

Alguma sim, penso que sim. É muito diversificada. Realista que faz pensar, martela cabeças, por vezes agressiva, ácida, incómoda, mas também faz rir por ter muito humor. É diferente daquela muito ficcionada que por não ser direccionada acaba por ser politicamente correcta, que se não faz mal, bem também não.
Já ouvi e li : que tem farpas, setas envenenadas, estocadas, e até chapadas .

– Você deixou Portugal quando era muito jovem e foi para a Suíça onde ainda se encontra. Há ainda na sua escrita um espírito português? Tem saudades?

Não , fui para a Suíça com vinte e nove anos de idade. Estive lá trinta e três e meio. E já vim de vez com reforma antecipada dois anos. Antes trabalhei no campo onde fiz de tudo ( trabalho forçado para um miúdo de 11 anitos ) pois que fui obrigado a ficar pela quarta classe , ensino primário ,
Espírito Português? Sem dúvida que sim. Sempre tive, e sempre estive ligado a Portugal pelas vezes que entretanto vim e pelo acompanhamento de perto, quer pela imprensa que lia , quer pela TV. Tinha parabólica. Mas sim , o meu estatuto de emigrante , marcou certamente em muito, a minha escrita.
Saudades , tinha sim , mas vim muitas vezes . Em alguns anos três ou quatro vezes . Afinal a Suíça é ali ao lado! …

– Quais são as suas referências literárias?

Miguel Torga, Ary dos Santos, Eça de Queiroz , Guerra Junqueiro, Aquilino Ribeiro, Fernando Pessoa, Franz Kafka , Fiódor Dostoiévski.

– Está a trabalhar agora em algum novo livro?

Sim , todos os dias leio e escrevo. Actualmente tenho o suficiente para dois “livritos”. Um de Poesia e outro de tudo ao molho, na mesma onda dos tais que descrevi.

Tenho mais quatro livros noutras editoras.

 

Obrigada!

 

Página Bubok do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

He leído y acepto las políticas de privacidad