Calendario 03 / Outubro / 2016 Cantidad de comentario Sem comentários

O autor Bubok Cândido Xerinda encontrou a inspiração para escrever A lenda do homem papagaio algures entra a realidade e a fantasia. Aqui encontraremos Moçambique e mais concretamente a cidade de Maputo durante os anos 80. Um país e uma cidade numa época de transição através dos olhos de Mugubane da Costa.

Quem é Cândido Xerinda?

Sou moçambicano, residente no sul de França. Autor, compositor e intérprete de música de raiz moçambicana, com vários projectos publicados em CD. Sou também antigo estudante em letras modernas e ciências de linguagem na faculdade Paul Valèry de Montpellier.

Qual tem sido o seu percurso como escritor?

Como escritor sou noviço. Esta é a primeira obra. Comecei a escrever em 1994 com a aparição dos primeiros computadores na minha vida. Ainda lembro-me bem da descoberta do tratamento do texto. Isso deu-me uma forte impulsão e inspiração ao mesmo tempo. Comecei a escrever histórias que vinham das minhas lembranças  e outras imaginárias sem pensar em puder publicar algo um dia.

A que tipo de leitor está dirigido?

Este livro não só é acessível aos moçambicanos e amantes da cultura de Moçambique, mas também dirige-se o leitor curioso de descobrir outra maneira de ser, de viver. Ao leitor sonhador ou aquele que quer somente deixar o seu espírito viajar em terras longínquas e passar bons momentos com os meus personagens moçambicanos. Sem distinção de idade nem de origem.

Por que decidiu publicar este livro com a Bubok?

A Bubok é a única plataforma, ao meu conhecimento, que não impõe exclusividade. Isso calhava bem pois para começar eu precisava ter o espírito em paz.

Recomendaria a edição independente a outros autores?

Claro que sim. É uma boa experiência.

Na Bubok Portugal publicar seu livro é grátis. Registe-se na plataforma e converta-se em um Autor Bubok!

Quer que seu livro tenha uma aparência profissional? Consulte os serviços editoriais e packs de publicação que a Bubok Portugal coloca à sua disposição.


 

a-lenda-do-homem-papagaioA lenda do homem papagaio

Autora: Cândido Xerinda
Nº de páginas: 125
Tamanho: 150×210

“Quando alguém ficava doente e começava a delirar, os mais obscurantistas suspeitavam logo o homem papagaio. Alguns habitantes da zona quando o cruzavam mudavam de caminho. Os que não podiam mudar de rota evitavam fixá-lo nos olhos. Outros mais espiritistas deitavam algumas sementes de milho ou de amendoim no chão como maneira de acalmar o espírito do papagaio vingativo e assim este último podia perdoar-lhos assim como toda a sua família.”

A lenda do homem papagaio convida-nos a uma viagem no tempo e no universo real e fantástico. Uma aterragem nos anos 80 de Maputo, capital de Moçambique, onde jovem Mugubane Da Costa procura entender o mundo à sua volta em plena mutação social e económica. Como um contador, Mugubane guia-nos através dos episódios vividos nos subúrbios de Maputo.

Adquira seu exemplar na Livraria Bubok.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

He leído y acepto las políticas de privacidad