Calendario 12 / Novembro / 2018 Cantidad de comentario Sem comentários

Como escrever um conto. Quando nos propomos este projecto, surgem muitas questões. Neste artigo trataremos de lhe dar algumas dicas para a ajudar com esta tarefa. Apesar de um conto ser mais curto que um romance, não significa que seja menos complicado e, se quiser que o seu relato seja perfeito, o melhor é seguir umas pautas. Começar a escrever um romance pode ser um bocadinho assustador, então às vezes pode praticar escrevendo contos.

Por começar?

Antes de nos sentarmos a escrever um conto temos de saber o que vamos contar. Às vezes temos uma ideia desde o principio, mas há ocasiões em que precisamos de utilizar algumas técnicas como a chuva de ideias. Num papel, escrevemos tudo o que nos passe pela cabeça, depois avaliamos se alguma dessas ideias nos serve para criar o nosso conto.

Outra solução, no caso de estar escasso de ideias, é recorrer às nossas suas próprias vivências. Certamente poderá sacar uma boa história de muitas delas.

Como escrever um conto

Como estruturar a história?

Uma vez que tenha a ideia, esta tem de ser estruturada. Devemos ter em conta que todas as histórias, desde um romance até um relato curto, têm de seguir uma estrutura.

  • Introdução: Aqui é onde se apresentam as personagens e o entorno no que terá lugar a acção. Digamos que aqui começa a calma que precede a tormenta.
  • : O nó começa com algum incidente que desequilibra a paz que descrevemos ao inicio do conto. Um desencadeante que fará que as suas personagens sofram um conflito, seja físico ou emocional. A partir de aqui devemos ter presente que a acção deve aumentar gradualmente de intensidade até chegar ao próximo ponto.
  • Clímax: É o ponto mais alto da narração e onde normalmente se produz uma reviravolta na história.
  • Desenlace: Uma vez passado o clímax deve decidir se a trama se resolve e de que maneira, voltando, de certa maneira, ao estado de calma inicial.

Agora deve estar a perguntar-se, mas tenho de seguir esta ordem? A resposta é não. É possível começar o relato desde o fim e ir avançando até ao início, por exemplo. Isso depende do relato e da importância que quer dar à cronologia.

Agora é preciso criar as personagens

É muito importante que, como autor, seja de romance ou de conto, conheça muito bem as suas personagens. Aconselhamos fazer uma ficha o mais detalhada possível onde irá apontar: físico da nossa personagem, gostos, passado… tudo o que lhe pareça importante.

Observe as pessoas à sua volta. Qualquer pode servir de inspiração para criar as suas personagens.

Em que pessoa faço a narração?

Mais uma vez, isto vai depender do efeito que queira criar no conto. Em geral, podemos usar a primeira pessoa, deste modo a história estará a ser contada desde o ponto de vista de uma das personagens. A terceira pessoa, também chamado narrador omnisciente, é um narrador que está fora da história e que sabe tudo de todos.

E agora? Começo já a escrever um conto?

Quase, agora só falta um último passo: fazer uma linha de tempo. Isto é muito útil para estruturar a história, ordenando cronologicamente os acontecimentos mais importantes.

Quando tenha tudo, está pronto para começar a escrever um conto. Tenha em conta que, uma vez que tenha passado toda a história para o papel, terá apenas um rascunho que deverá polir, corrigir, e reescrever para que fique perfeito.

Se quiser, poderá consultar alguns dos nossos contos publicados: Contos citadinos, Viagens na minha peste , Conversa simples com os meus botões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

He leído y acepto las políticas de privacidad