Calendario 04 / Março / 2019 Cantidad de comentario Sem comentários

escrita infantilFalamos hoje de escrita infantil com uma nova publicação na Bubok PortugalThe Rooster and the Pig

O galo Barnabé mantém acordados de noite a todos os animais da granja com o seu cocorocó… mas a porquinha Molly e os seus amigos planeiam uma vingança. O que será? Funcionará? Só lendo o livro é que descobrirás!

Maria Clara Costa (Lisboa 1970) é uma mulher do nosso tempo, intrépida e autodidata. Aficionada ao xadrez e a pintura, começou a sentir-se atraída pela escrita infantil quando começou a aventura imparável de ser mãe. Aprendeu com a sua pequena a importância de contar contos simples, mas com mensagem e profundidade. As histórias que inventa são para crianças incentivadas e espertas. Contos ilustrados com delicadeza. Escrita infantil com temáticas valentes.

Porque escolheu a escrita infantil?

Escolhi a literatura infantil para ir de encontro às exigências da minha filha que me pedia para lhe ler todas as noites uma história. A partir de certa altura, imaginei que eu mesma, poderia tentar escrever um conto.

É este o seu primeiro conto?

Sim, este foi o primeiro conto que escrevi. A minha filha gostou e eu continuo a escrever até hoje, embora o faça, com menos frequência.

 

Tem o livro em duas línguas: português e inglês. Porquê?

Tenho o livro em português porque é a minha língua. A ideia de o disponibilizar também em inglês, surgiu através de um amigo americano que me aconselhou a ir de encontro a um publico mais vasto.

 Quando começou a escrever?

Comecei a escrever quando vivi algum tempo em Bragança. É uma cidade pequena e com pouca diversão, assim sendo, muitos dos meus serões eram preenchidos a criar novas histórias.

Como surgiu a ideia para esta história?

A ideia para esta história surgiu de uma maneira muito engraçada. Um dos peluches favoritos da minha filha era um porquinho cor de rosa. Um dia, pensei fazer-lhe uma surpresa. Comecei a escrever um conto com aquela personagem e assim nasceu, a Farsa da Porquinha Moly, que em inglês se intitula, The Rooster and the Pig.

É o primeiro de muitos?

Sim, foi a primeira de várias histórias. Presentemente estou a terminar a minha maior narrativa, A Princesa das Flores, que tem como alvo um público juvenil. É a história de uma princesa com uma particularidade especial, e que por isso, tudo aquilo que deseja é um pouco mais complicado do que o habitual.

Muito obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

He leído y acepto las políticas de privacidad