Calendario 17 / Dezembro / 2018 Cantidad de comentario 1 Comentario

Entrevistamos a Sofia Neto, a vencedora do concurso de romance 2018 da Bubok Portugal. Uma jovem assombrosa criadora de mundos novos que perseguiu um sonho e converteu em realidade.

Sofia Neto, a autora mais jovem e promissora da Bubok Portugal

– Supernova – A Explosão de Kingu. Um romance de aventuras com uma vilã muito poderosa, uma super heroína forte e valente, e muitas personagens secundárias que se tornam a chave da história pelas inumeráveis voltas do destino. Como começou tudo isto, Sofia?

 

Começou sem eu me aperceber que estava a começar…Bem, eu estava muito motivada e inspirada para fazer uma história ilustrada. Eu queria muito ter a minha própria Mangá/Banda desenhada! Mas não sabia a quantidade de tempo que era necessária para fazer uma. Estava cheia de ideias para fazer a História, mas o ritmo a que as ideias vinham, e o meu ritmo de desenho não funcionavam lá muito bem…Então, decidi ir escrevendo um género de “guião”, para mais tarde ilustrar. Mas diverti-me tanto, que me deixei levar! Por volta do momento em que já tinha escrito 300 páginas, percebi que só podia estar tolinha, se fosse a ilustrar aquilo tudo! Mas, surpreendente, por acidente, já tinha um livro, do qual me orgulhava muito, quase terminado.

 

– Um país consumido por uma ditadura com um grupo de rebeldes que planeia uma revolução. Uma trama que decorre através de uma sucessão de acontecimentos inesperados e voltas de guião. Construíste a trama desde o início ou foi a história que te encontrou a ti, à medida que escrevias?

 

Posso dizer que foi um pouco dos dois. Quando pensei na História, imaginei um princípio e um fim específicos, onde queria chegar. Mas no que tocou a ligá-los, as peças foram surgindo naturalmente, há medida que escrevia.

 

Desenho SofiaLuta e superação pessoal e coletiva. Todas as personagens têm alguma coisa a contar. Como criaste as tuas personagens e as suas sub-histórias dentro da própria história?

 

Para dizer a verdade, eu já tinha as personagens criadas muito antes da História, por isso foi mais fácil! Uns anos antes de pensar sequer em escrever um livro, eu estava muito motivada para desenhar. Divertia-me muito a desenhar personagens, que me surgiam na cabeça, e dando-lhes nomes, e personalidades distintas. Algumas personagens foram criadas por amigos meus, inclusive, como o Fuyu, a Kirin, e a Flan. Ao inventar, mais tarde o Universo da “Supernova”, simplesmente tentei encaixa-las, e dar-lhes um passado que justificasse parte da sua personalidade. A Kingu, por exemplo, sempre a imaginei como uma rapariga mimada, vaidosa, e muito confiante e segura de si. Que papel lhe encaixaria melhor que a Rainha de Nethan?

-Os nomes das personagens são sem dúvida peculiares…Qual a origem de alguns desses nomes?

 

Muitos deles são trocadilhos entre línguas. Por exemplo: Kingu, vem do inglês “King”(Rei), já que ela é da realeza. Alguns nomes vêm ainda do Japonês…como Fuyu, que significa “Inverno”, e “Naoko”, que ironicamente, significa ”criança honesta, obediente”. Sally apesar do nome ser sem dúvida inglês, foi escolhido por lembrar de “sal”, já que ela está sempre a chorar…

 

– O livro ganhou o concurso de temática romântica. Fala-nos do amor e amizade nesta história.

 

Eu sou uma fã enorme de Histórias de amor! Por isso, o amor e a amizade estão presentes em todas as páginas! Desde ações, a algumas declarações mesmo, desejei realçar a importância da amizade entre todos na Base dos Rebeldes, para mostrar que é necessária para um ótimo trabalho em equipa. Não me queria focar só nos sentimentos da protagonista, a Milk…Existem, por isso, triângulos amorosos, amores aparentemente irracionais, amores não correspondidos…enfim, todo o tipo de amor que podemos encontrar há nossa volta, no dia-a-dia.

 

– Identificas-te com alguma das personagens?

 

Eu gostava imenso de ser como o Tomoe. Ele é forte, bondoso, decidido, seguro de si, divertido, e correto. Gosto de todas as personagens por igual, cada uma com a sua personalidade, mas sem dúvida que o Tomoe tem o tipo de personalidade que eu mais aprecio, fora do Universo da “Supernova”.

 

– Quais são as tuas escritoras e escritores de referência?

 

Não posso mesmo dar outra resposta, senão J. K. Rowling… Adoro simplesmente a saga Harry Potter! Já li os livros todos muitas vezes, e não consigo deixar de me envolver completamente na História, sempre que o faço!

 

– Quando a Sofia Neto começou a escrever?

 

Desde sempre que gostei muito de escrever, por isso, não sei dizer uma data específica…Mas posso dizer que comecei a escrever o livro “Supernova – A Explosão de Kingu”, lá para o final dos meus 15 anos, e acabei-o já com 17.

 

Tens um método de trabalho à hora de escrever? Um horário determinado, alguma mania inevitável…

 

Bom, não sei se posso dizer que tenha um método específico para escrever um livro…mas posso afirmar que o processo que tive para escrever este livro, não foi muito “rígido”, ou “organizado”. Simplesmente, sempre que ficava livre de testes na escola, pegava no meu mini portátil antiguinho (um “Magalhães”…), sentava-me no chão do meu quarto, e só parava de escrever quando estivesse satisfeita!

 

Desenho original da autora– Também desenhas!

 

Sim! Desenho desde sempre, mas só lá para os meus 13 anos é que comecei a desenhar em estilo anime. Nunca tive aulas específicas…por isso não me considero “profissional”, e sei que estou bem longe de o ser. Mas desenhar faz me muito feliz, e gostava de passar essa emoção nos meus trabalhos. Sempre desenhei em tradicional, mas mais recentemente, comecei a dedicar-me a desenho digital, que é o que atualmente mais faço.

 

– Como foi a experiencia de ganhar o concurso? Como conheceste a Bubok?

 

Foi um sonho! Não consigo mesmo descrever… O meu pai falou-me do concurso, e foi assim que conheci a Editora. Inscreveu-me no concurso da Bubok, e eu estava ciente do quão bom era o prémio, mas nunca cheguei a imaginar que poderia vencer. Só queria partilhar a minha História, e talvez receber algum feedback. Mas, quando soube que venci…eu não sei, fiquei eufórica! Era sem dúvida um sonho, fazer com que a História das personagens que tanto adoro chegasse a mais gente!

 

– A História termina com uma ponta solta…Vai haver uma sequela?

 

Eu gostei tanto de escrever o livro…que na altura de o terminar, simplesmente não consegui! Eu adorei desenvolver o universo da História, com personagens de que tanto gostava…e ficaria muito feliz se pudesse continuar a inventar mais aventuras, e ainda mais personagens.  Quem sabe, algum dia continue a Saga “Supernova”… Para já, só tenho mil e uma ideias, incluindo uma nova geração!

 

– Estás a escrever alguma coisa agora?

 

Sim! Neste momento estou quase a acabar uma História mais pequena, narrada na primeira pessoa, com um estilo completamente diferente, e em inglês. Conta a História de um rapaz, chamado Godric, que conhece uma rapariga, com poderes muito especiais…

 

– Muito obrigada Sofia Neto

Obrigada, eu, por tudo!

 

 

 

 

Um comentário para “Sofia Neto, a autora mais jovem e promissora da Bubok Portugal”
  1. Equipa BUBOK.pt
    Andreia

    Sofia! Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

He leído y acepto las políticas de privacidad