Calendario 20 / Fevereiro / 2018 Cantidad de comentario Sem comentários

Em artigos anteriores sublinhámos a importância da constância nos hábitos de escrita. Por isso, regressar à escrita depois das férias pode ser um grande desafio, por muito empenho que seja aplicado na tarefa. As férias quebram as nossas rotinas, e nesse sentido, podem boicotar o processo criativo.

Certamente, depois do último fim-de-semana prolongado a sua mente terá sido de novo invadida por uma série de estratégias que estavam automatizadas antes dele: organizar as refeições, a lida da casa… e quando finalmente põe mãos à obra, parece que passou muito tempo desde que retomou a escrita e custa-lhe a retomar o ritmo. Enumeramos aqui alguns conselhos para reforçar a rotina e retomar a escrita sem que isso lhe pese ao ponto de desejar ir novamente de férias.

Vamos a isto!

Voltar a escrever após as férias

 

Comece pela leitura

Se não teve sequer tempo para escrever, comece por ler um bom livro. Se ainda por cima for relacionado com o projeto que tem em mãos, junta o útil ao agradável: retoma o fio condutor e recolhe inspiração para novas ideias. A leitura é um dos melhores métodos para se iniciar na escrita, confie em nós.

 

Retome os seus contos, poemas ou romances

Uma vez retomado o fio condutor da literatura, chegou a altura de pegar na sua obra. Talvez seja boa ideia reler as últimas páginas que escreveu. Faça-o sem empunhar o lápis – de momento, concentre-se em ler e procurar o espaço mental em que tinha posicionado os textos. Certamente, logo que termine esta primeira releitura, a sua cabeça fervilhará com ideias, adendas, correcções… Mesmo que o pousio não surta o efeito desejado, a leitura, só por si, terá servido para uma consciencialização e estruturação de uma nova estratégia.

 

As adendas, âncoras no texto

Já reviu os seus manuscritos? Está na hora de pegar no lápis. Tendo em mente as modificações que projectou, deixe-o circular à vontade. Retoque após retoque é provável que sinta que está a escrever um texto quase completamente novo.

 

Tire partido do repouso

Se regressou há pouco tempo ao trabalho ou aos seus afazeres diários, é possível que se sinta mais cansaço nos primeiros dias. Escrever depois de executar todas essas tarefas, com o corpo e a mente esgotados pode ser altamente frustrante. Não é produtivo tentar retomar uma atividade exigente como a da escrita se não está com capacidade de se concentrar. Faça um hiato nos primeiros dias para evitar a exaustão. Mais à frente, quando entrar no ritmo, encontrará naturalmente o espaço para voltar a escrever.

Fez mini-férias de carnaval? Que estratégias funcionam consigo para regressar à rotina sem perder o ânimo? Partilhe-a connosco na caixa de comentários. E tire da gaveta o livro que sempre sonhou publicar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

He leído y acepto las políticas de privacidad