À procura de um novo lar para minha filha

Comprar Acabamento em capa mole por 9,10€

No dia 09 de Julho de 1.989, morria, vítima de choque séptico causado pelo HIV, o marido de Viviane Araújo Forsyth, Sílvio Santos Forsyth, deixando-a viúva e com uma filha, Hemmily, para criar. Até aquela data, os tratamentos para aliviar os sintomas dessa anomalia não eram tão adiantados quanto hodiernamente, sentenciando os portadores à morte em menos de quatro anos, após a contaminação. Conhecedora das causas que vitimaram seu jovem marido, aos trinta e dois anos de idade, ela fez o teste. Entretanto, por razões não muito conhecidas na época, o resultado foi negativo. Tranquilizada com o resultado satisfatório, tendo uma filha para educar e amparar, dedicou-se ao incessante trabalho, esquecendo-se desse pormenor. Mas, para seu sobressalto, sentindo-se cansada, com tonturas, diarreia... procurou ajuda de seu médico-amigo, tendo o veredicto cruel: estava com os dias contados. Paralelamente ao tratamento para adiar o triste fim, Viviane tinha uma outra tarefa: conseguir alguém para ser o tutor de sua filha. Mas não qualquer pessoa; teria de ser alguém especial que agradasse a ambas.

Quero publicar um livro Ver mais livros