Livro de poemas - Sons de Outono

Comprar Acabamento em capa mole por 10,31€ Comprar eBook em PDF por 0€

Antes de dizer o porquê deste livro de versos,(não digo poemas) porque seria ofender os «poetas» desejo citar este poema de Antero de Quental:Aqueles que eu amei, não sei que vento // Os dispersou no mundo, que os não vejo... // Estendo os braços e nas trevas vejo // Visões que a noite evoca o sentimento... Só esta quadra do grande mestre explicaria o que é o desassossego da alma do poeta. Não afirmo como o grande Pessoa, que o poeta é também um «fingidor». Eu acho que ele é antes um ser que não encontrando na realidade o lampejo de viver feliz, recorre à imaginação para recordar que vive o que a sua alma presume ao sentir a nostalgia do que amou.

Quero publicar um livro Ver mais livros