EUTANÁSIA, não obrigado!!!

Comprar Acabamento em capa mole por 12,80€ Comprar eBook em PDF por 1,49€

...é sobretudo, quando morre alguém queamamos, que a morte nos toca e nos afeta o íntimo, e até, de certo modo,morremos um pouco também na relação que finda. “Conheci a minha morte na mortedo outro; reconhecia como possibilidade iminente, num momento de quase morte”. ? nestas ocasiões que urge, incessantemente, a percepção da nossaprópria mortalidade, em que a veracidade da morte se torna um fio ténue e débilde uma vida irrefutável....

Quero publicar um livro Ver mais livros