A importância da Comunicação em Biblioteconomia e Museologia das Ciências: Política de Informação e Comunicação Cultural

Comprar Acabamento em capa mole por 10€ Comprar eBook em PDF por 3€

A compilação do saber e de todo o conhecimento captou desde sempre a atenção do Homem. Nesta área, as bibliotecas são o caso mais paradigmático na reunificação do saber. Elas constituíram desde sempre locais de descoberta e uns dos principais instrumentos de pesquisa e trabalho científico. Mas fundamentalmente, elas reúnem informações imprescindíveis e uma diversidade de fundos e suportes documentais destinados à partilha do conhecimento, à promoção da leitura, ao debate de ideias e à construção de novas aprendizagens. A razão de existir da Biblioteca é o seu público, por isso a sua colecção deve ser de qualidade, adequada às necessidades da sua comunidade e dos seus utilizadores. A sua divulgação deve, igualmente, ser rigorosamente pensada, suportada por uma política de comunicação activa que tenha em atenção os utilizadores a que se destina, suas carências e exigências, interesses e necessidades.Constata-se actualmente que a aplicação de técnicas de comunicação aos serviços prestados pelas bibliotecas está pouco desenvolvida no nosso país. O Observatório das Actividades Culturais na apresentação da sua obra “As Políticas Culturais em Portugal” faz referência à intermediação cultural, através do marketing e da publicidade, como um campo quase sem história.O presente trabalho de projecto consiste na concepção de um Plano ou Política de Informação e Comunicação aplicada a um serviço de índole cultural, neste caso específico aplicado às bibliotecas de museus.Seminário de Licenciatura, Unversidade Aberta, 2013

Quero publicar um livro Ver mais livros