CHRÓNICAÇORES: UMA CIRCUM-NAVEGAÇÃO DE TIMOR A MACAU, AUSTRÁLIA, BRASIL, BRAGANÇA ATÉ AOS AÇORES (VOLUME 1)

Comprar Acabamento em capa mole por 26,66€ Comprar eBook em PDF por 0€

Nalenda havia um Rei Artur, Sir Galahad, os cavaleiros da Távola Redonda e abusca pelo Santo Graal. Aqui não há Dom Quixote, nem Sancho Pança nem moinhosde vento, contra os quais espadanar. Há apenas um paladino da poesia e utopia,temeroso e aventureiro, sequioso de aprender outras línguas, hábitos eculturas. Dasua infância em Trás-os-Montes, sua mátria desconhecida, parte à conquista do “lulic” em Timor Português, dos hippiesem Bali (Indonésia), sobrevive ao “AnnoHorribilis” no verão Quente de 1975 (Portugal), atravessa as Portas doCerco (na China de Macau), percorre a Austrália Ocidental, Vitória e Nova Galesdo Sul, com passagem pelo Oriente do Meio e seus emirados, metade da Europa, da?sia e parte do Pacífico Sul, antes de redescobrir o Brasil, Portugal. Porfim, paira como um Buteo buteo rothschildi sobre a ilha de S. Miguel (Açores) donde parte também em conquista deSanta Maria, Faial, Pico e S. Jorge. Se na pátria (Austrália) descobriu uma triboaborígene a falar um crioulo português com mais de 450 anos, descobriu naantiga Bragança a sua mátria e aqui nos Açores descobriu o que a maior parte domundo desconhecia. Esta viagem leva-nos num périplo pelo mundo em queo autor vai cronicando, como Marco Polo, as terras, as gentes e os costumes etradições. Da análise política, social e pessoal parte à descoberta deculturas. Recuperando as suas origens, retorna ao seio duma Lusofonia semraças, credos ou nacionalidades, até se radicar na “Atlântida” onde irádesvendar, divulgar e dilatar desveladamente uma fértil literatura açorianacatapultadora de autonomias e independências por cumprir.

Quero publicar um livro Ver mais livros