Procurar na Bubok

Boninas cadentes (Poemas)

Impostos e envio não incluídos
  • Autor: Anibal Alves
  • Estado: Público
  • Nº de páginas: 94
  • Tamanho: 170x235
  • Miolo: Preto e branco
  • Paginação: Colado
  • Acabamento da capa: Brilho
  • Downloads: 9
  • Livros vendidos: 9
Ver ficha técnica completa
  Fazer um livro de poesias aos 72 anos, é mesmo próprio de um louco; mas como diz o povo: «de louco todos temos um pouco». Ora quem começou a escrever aos 63 anos, quando a neve já me coloria os cabelos, e escreveu contos e romances, porque não ser também um "fingidor" (como diz Pessoa) e atirar ao vento muitas das "emoções" vividas e retidas na nostalgia da vida? sim, escrever versos é o desafogar daquilo que está amarrado no sentir. Aproveito a contra capa para citar alguns versos do poema: «Em nome da ética» E nem mesmo assim a morte vem -- Suicídio não posso, e a eutanásia? -- Jamais, não é permitida também -- Moral e ética sofrem de amnésia, -- Tenho que esperar o fim a sofrer? -- Tiram-me a dignidade no morrer!
Não existem comentários sobre este livro Registe-se para comentar este livro