Procurar na Bubok

Josué -- O cruel conquistador judeu

Impostos e envio não incluídos
  • Autor: Anibal Alves
  • Estado: Público
  • Nº de páginas: 347
  • Tamanho: 170x235
  • Miolo: Preto e branco
  • Paginação: Colado
  • Acabamento da capa: Brilho
  • Livros vendidos: 2
Ver ficha técnica completa

Ao escrever este livro tive a intenção de provar que a história se repete e vinga a própria história, mesmo quando os vencedores não relatam a verdade dos factos, como é o caso do «holocausto» que se tornou uma indústria de interesses pouco claros. Este conquistador judeu, dominado pela vontade do seu Deus cruel, recorre ao genocídio de 7 povos já condenados por Jeová: «heveus, cananeus, filisteus, amorreus, ferezeus, jebuzeus, heteus» para fundar na Terra Prometida o tal paraíso dos judeus. Cabia-lhe cumprir as ordens do seu Deus, assim ele foi inflexível, intrépido e cruel: «Tomaram a cidade e votaram-na ao anátema, passando a fio de espada tudo o que nela encontraram: homens, mulheres, crianças, velhos, inclusivamente os bois, as ovelhas e os jumentos» (Josué 6, 21) -- Seria este feito o percutor para a vingança da história cerca de 2800 anos depois, quando Hitler também comandado por sinistras potestades afirma: «Tenho direito de exterminar milhões de indivíduos de raças inferiores que atrasam a evolução dos verdadeiros humanos e se reproduzem como vermes». Ambos fizeram uso do genocídio com atrocidade e horror. -- o autor

Não existem comentários sobre este livro Registe-se para comentar este livro