Procurar na Bubok

Sentimentos que nos Movem

Disponível em:
Impostos não incluídos
  • Autor: Sergio Augusto Mazza
  • Estado: Público
  • Nº de páginas: 50
Ver ficha técnica completa

Desde o inicio dos tempos somos movidos por sentimentos, alguns bons e outros nem tanto, porém sempre nos acompanharam independente de nossa vontade em muitas vezes.

Na história da humanidade levando-se a Bíblia em consideração os primeiros a não saberem controlar seus sentimentos foram Adão, Eva e Cain, os dois primeiros não controlaram seus sentimentos e a curiosidade os levou a serem expulsos do paraíso, e Cain o mais grave foi aquele que cometeu o primeiro assassinato na história da humanidade, e o fez por raiva, por ter tido inveja de seu irmão Abel achando que este era preferido por Deus.

Desde o começo de tudo somos guiados por nossos sentimentos, somos compelidos a tomar decisões baseados em cada um deles, e sempre que temos que tomar decisões baseando-se em sentimentos mal controlados elas nos trazem prejuízos.

É necessário entender que não existe fórmula mágica, que não existem atalhos, que para aprendermos a controlar nossos sentimentos existe sim um esforço constante e diário, aonde não podemos relaxar um segundo, aonde a vigília é permanente, sem exceções.

A intenção deste livro é fazer você entender que sua saúde mental e por consequência corporal devem estar sob seu controle, que a última palavra sempre terá que ser a sua, que é você que deve controlar seus sentimentos, e não o contrário.

Se você conseguir entender e seguir as mensagens aqui escritas, com certeza irá melhorar dia a dia, porém isso não ocorrerá da noite para o dia, afinal como já falei é um exercício diário e sem fim, aonde você enfrenta uma batalha por dia sem saber quando irá ganhar a guerra.

Esta inclusive é a verdadeira função deste livro, ajudar você a vencer cada uma dessas batalhas e prepará-lo para enfim um dia ganhar a guerra.

Não tenho e jamais terei a chave do paraíso ou a solução total para o fim de seus problemas, e digo isso sem medo algum, pois como somos diferentes uns dos outros, cada um tem o paraíso que fez por merecer, e o inferno que escolheu ninguém tem a chave do paraíso alheio ou o endereço do inferno de outra pessoa, e quem diz que tem está mentindo.

Cada um de nós tem seu céu e inferno próprio, pois somos almas individuais e únicas, e por isso único também são os lugares para aonde decidimos ir, pois os sentimentos até podem ter o mesmo nome para todos, mas não tem o mesmo resultado e nem são sentidos da mesma forma.

Tento com este livro mostrar que quando sabemos controlar nossos sentimentos os problemas diminuem, as decisões se tornam mais fáceis de serem tomadas, que nosso dia fica mais leve, nosso trabalho mais divertido, e as pessoas mais fáceis de serem entendidas.

Sabermos controlar nossos sentimentos é primordial para que possamos ser mais felizes em nosso casamento, em nossas relações com nossos filhos, em nosso trabalho, em nossa relação direta com nosso interior e principalmente com Deus (para aqueles que acreditam que Ele existe).

Se as empresas em sua maioria se preocupassem mais em entender os sentimentos de seus funcionários, demitiriam bem menos, pois entenderiam que muitas vezes elas não têm um funcionário incompetente, e sim um ser humano que não consegue controlar seus sentimentos, mas que com a ajuda certa e pequenos ajustes poderá se revelar uma das melhores pessoas que já passaram por esta terra.

...[ler mais]
Não existem comentários sobre este livro Registe-se para comentar este livro