Procurar na Bubok

Cansei de acreditar, agora eu quero saber.

Impostos e envio não incluídos
  • Autor: Vicente de Paulo Ferraz Maia
  • Estado: Público
  • Nº de páginas: 325
  • Tamanho: 150x210
  • Miolo: Cor
  • Paginação: Colado
  • Acabamento da capa: Brilho
  • Downloads: 3
Ver ficha técnica completa

“CANSEI DE ACREDITAR, AGORA EU QUERO SABER.”

Uma visão geral.

“CANSEI DE ACREDITAR, AGORA EU QUERO SABER”, são tratados filosóficos dedicados aos livre-pensadores que raciocinam logicamente e querem reconsiderar honestamente sua convicção para perder o medo insano da irracionalidade dos ditames divinos que lhe foram impostos na infância. “CANSEI DE ACREDITAR, AGORA EU QUERO SABER” é um convite para as pessoas que se alimentam dessa necessidade muito humana de acreditar a reprogramarem para reconquistar a sua autonomia intelectual e simplesmente voltar a ser ele mesmo, esta que é a essência imanente do ser humano que ainda não descobriu que não nascemos para acreditar, se podemos duvidar.

Um breve resumo sobre alguns tópicos abordados no livro.

No tratado filosófico, “CANSEI DE ACREDITAR, AGORA EU QUERO SABER”, exponho incisos bem fundamentados, frutos de pesquisa árdua e profundas reflexões sobre Deus, Religião, Ética, Moral, Igreja, origem e sentido da vida e muitos outros assuntos fundamentais, agora expostos à luz da razão, numa tentativa de esclarecer algumas das mentiras e “verdades” que nos cercam com intuito de dar uma explicação mais racional e coerente sobre o insano medo do dogma Inferno, entre outras irracionalidades amparadas em fé, mas com uma postura um pouco agressiva dada a importância do tema.                                                                                                       Mas não pense que vim trazer a guerra; não vim trazer guerra e nem a espada, trago uma mente afiada, não só para desgarrar alguns do rebanho, que por um motivo ou outro estavam covardemente encima do muro, enrustido dentro do armário, escondido medrosamente debaixo da cama ou debaixo de uma batina com sua fé abalada devido a tantos escândalos envolvendo padres com “hábitos” estranhos.                                                                                                                                                E é claro que “CANSEI DE ACREDITAR, AGORA EU QUERO SABER” também é voltado para você que tem medo de não acreditar e até mesmo para você que crê, mas pensa racionalmente. Foi para isso que eu vim e para isso eu escrevi esta tão instigante obra, onde tento sintetizar os aspectos mais relevantes daquilo que aprendi como um ex-Anglimetoadvenbatistaprotesterianaespiricristestenoiebudacruzuniversalemdesencantonoreinodedeusnosúltimosdias e assim desejo compartilhar as conclusões às quais cheguei e espero que as ideias aqui expostas sejam úteis aqueles que também estão tentando solucionar o grande enigma da nossa existência.                                                                                                                                                                     E nessa tentativa de expor meus pensamentos, espero estar encorajando as pessoas a refletir naquilo que acredito e julgo serem convenientes para levá-las a criarem uma nova mentalidade que fatalmente as mostrará uma nova realidade ou pelo menos que a Humanidade descubra que precisa de um sentimento que a desperte para um novo sentido.                                                                                      Portanto neste tratado filosófico, “CANSEI DE ACREDITAR, AGORA EU QUERO SABER”, o que eu proponho é que todo indivíduo que conquistou a maioridade intelectual, não apenas tenha a liberdade para decidir se quer continuar acreditando, mas também coragem para melhor superar o temor de desacreditar nessas divindades geradas pelo ser humano primitivo em culturas tribais, exatamente pelo medo.                                                                                                                                                                                              Por que se Jean de la Bruyère tinha razão quando disse que “a maioria dos homens emprega a primeira metade de sua vida a tornar a segunda metade miserável”, no tratado filosófico, “CANSEI DE ACREDITAR, AGORA EU QUERO SABER”, você vai descobrir que pode escolher e nem que gaste a outra metade do resto da sua vida, você vai reconquistar o seu livre-arbítrio, a sua liberdade de ação, o controle sobre o seu próprio destino, para aí sim poder escolher os rumos dos seus próprios pensamentos, dos seus próprios desejos e dos seus próprios sonhos, “pois não importa o que fizeram de você, mas sim o que você fará agora daquilo que fizeram de você.” (Sartre)                                                                       E agora livre você descobrirá que além de poder assumir a responsabilidade de viver conforme a sua própria consciência e criar sua própria percepção de vida, já que se ideias contrárias às suas colocavam em xeque sua fé, era por que elas não eram tão sólidas quanto você pensava, você também perderá o medo e se livrará das tênues amarras teológicas que ainda o prende ao véu desse obscurantismo, pois só assim você passará a valer pelo que pensa e diz baseado naquilo que você sabe e não por aquilo que você acha daquilo que acreditava.                                                                                    E como eu sei que você nasceu com os olhos fechados e os ouvidos abertos, saiba que você ainda tem o resto da sua vida para tentar inverter essa sequência. Mas se você não consegue abrir a mente que abrirá os seus olhos, ao menos fique de orelhas em pé e com um pé atrás, quem sabe assim você passa a usar mais a boca do que os ouvidos.                                                                                               Vale destacar para o leitor de um livro só que em todos os volumes de “CANSEI DE ACREDITAR, AGORA EU QUERO SABER”, ele vai aprender a buscar o autoconhecimento e que depois de encontrá-lo, ele nunca mais irá deixar que alguém lhe diga que deste fruto não pode comer, que estes livros não pode ler e nem deixará mais que lhe imponham barreiras à sua mente além das suas próprias limitações.                                                                                                                                                                      Aprendará também a ter como amigos bons livros, para ter algo muito mais interessante para se fazer quando fechar o seu único e principalmente aprenderá a pensar, pois assim terá algo muito mais interessante para fazer depois do monótono monólogo dos cultos e das entediantes orações e que quando sua mente estiver preparada, uma força maior o levará a conhecer o mundo maravilhoso do Humanismo Secular, que diferente das religiões que nos impõem mentiras, está em busca das respostas que encurtam a grande distância conceitual que nos separam da verdade.     

...[ler mais]
Não existem comentários sobre este livro Registe-se para comentar este livro
Outros livros que lhe podem interessar

A livraria Bubok possui mais de 70.000 títulos publicados. Ainda não encontrou o seu? Apresentamos-lhe algumas leituras recomendadas baseando-nos nas opiniões dos leitores que compraram este livro. Não é o que procurava? Descubra toda a nossa selecção na livraria: ebooks, publicações em papel, downloads gratuitos, temáticas especializadas... Felizes leituras!

A Bubok é uma editora que oferece a qualquer autor as ferramentas e serviços necessários para editar as suas obras, publicá-las e vendê-las em mais de sete países, tanto em formato digital como em papel, com tiragens desde um exemplar. Os acordos da Bubok permitem vender este catálogo em centenas de plataformas digitais e livrarias físicas.
Se quer descobrir as possibilidades de edição e publicação para o seu livro, entre em contacto connosco através deste formulário e começamos a trabalhar com o seu projecto.