Procurar na Bubok

Factores Motivacionais do Indivíduo na Manutenção e Selecção de um Trabalho

Impostos e envio não incluídos
  • Autor: Roberto Paulo Soares Rodrigues
  • Estado: Público
  • Nº de páginas: 105
  • Tamanho: 210x297
  • Miolo: Cor
  • Paginação: Colado
  • Acabamento da capa: Mate
  • Livros vendidos: 1
Ver ficha técnica completa

A motivação é um dos pilares de sucesso de uma organização, no entanto, a sua componente social e psicológica, dificulta nas organizações os processos de tomada de decisão, assim mais do que teoricamente é importante que as organizações sejam capazes de medir no terreno a motivação dos seus trabalhadores.

Sendo a motivação o resultado de diversas interacções, todo e qualquer indivíduo tem os seus diferentes factores motivacionais, assim e como todas as organizações trabalham com processos de recrutamento e selecção de trabalhadores, bem como a procura pela melhor gestão dos seus recursos humanos, a possibilidade de entender o que os motiva nas diferentes circunstâncias, levou a que este estudo se realizasse.

Elaborado sob a forma de um estudo de caso, através de duas empresas, devidamente cotadas e representativas do tecido empresarial da Região Autónoma da Madeira, verificou-se o que realmente motiva os trabalhadores, sendo assim uma mais-valia para as empresas que poderão alterar paradigmas e respectivos planeamentos anuais e objectivos.

Apesar da dificuldade, em grande parte provocada pela actual conjuntura económica, muitos dos trabalhadores revelam que a sua grande motivação é a possibilidade de auto-realização, fazer aquilo que realmente gosta, seja em situação para manter o seu trabalho ou na procura de outro. A importância que a empresa tem na sociedade é também um ponto de relevo e que motiva os trabalhadores, pois trabalhar para uma empresa de renome e que os pode potenciar na sua vida representa um grande índice motivacional.

Desde Herzberg, Maslow, Deci ou outros, a divergência pela importância do factor financeiro é notória, algo que através deste estudo pode-se comprovar, pois independentemente da situação profissional em que o indivíduo se encontra, o factor motivacional financeiro (salário e prémios) é o segundo mais baixo, apenas alguns pontos acima da insignificância, que ao nível da motivação a qualidade sindical obtém.

Este estudo efectuado representa para as diversas empresas da Região Autónoma da Madeira, um importante guia para a motivação dos seus trabalhadores, permitindo às administrações decidir mais de acordo com a motivação dos seus colaboradores e consequentemente aumentar os seus níveis de produtividade.

...[ler mais]
Não existem comentários sobre este livro Registe-se para comentar este livro