Procurar na Bubok

SAMAEL AUN WEOR - EXERCÍCIOS DE LAMASERIA E A Medicina de Alden

Impostos e envio não incluídos
  • Editor: BRUNO SOUSA
  • Estado: Público
  • Nº de páginas: 102
  • Tamanho: 150x210
  • Miolo: Preto e branco
  • Paginação: Colado
  • Acabamento da capa: Brilho
  • Downloads: 8
  • Livros vendidos: 1
Ver ficha técnica completa
Neste parque da Cidade do México, D.F. ante minha vista tenho nestes momentos formosas árvores, belos prados, algumas crianças que brincam sob os ardentes raios do sol. Há alguns bancos onde as pessoas se sentam para contemplar as belezas da natureza. No instante em que dito estes prólogos, vêm-me à memória muitas cenas, muitos dramas, passagens extraordinárias dos antigos tempos, colégios iniciáticos, eremitas solitárias, onde os anacoretas meditavam em silêncio, arroios cantantes que se precipitavam entre os leitos da rocha, sibilas maravilhosas da Europa druida, ermitões do velho Egito dos faraós nos primeiros tempos, etc. Não há dúvida, meus caros irmãos, que nos mistérios de Eléusis, assim como nos de Tróia, Roma, Cartago, Egito, etc., o psíquico e o físico marchavam de forma paralela, harmônica, perfeita. Recordem, por um instante, por exemplo, os mistérios pitagóricos: então não era admitido aquele que não soubesse matemática. Recordem os dervixes dançantes, as runas magníficas, as belas danças da Antiga Índia, os movimentos rítmicos perfeitos dos iniciados egípcios e vejam, meus caros irmãos, esse paralelismo extraordinário que sempre existiu entre o espiritual, o anímico e o físico. Temos, sem dúvida, um corpo de carne e osso. Tal corpo possui uma eurritmia maravilhosa e no cérebro se encontram muitos poderes latentes que devem ser despertados. É indispensável aprenderem a manejar nosso corpo, saberem tirar dele, extrair dele suas mais doces melodias. È importante fazê-lo vibrar como uma sinfonia entre a harpa milagrosa do universo infinito. É absurdo, meus caros irmãos, permitir que Jeropas (o Tempo) danifique este precioso veículo, que nos foi dado para nossa própria realização íntima. Em verdade, irmãos lhes digo que nós, os gnósticos, temos métodos precisos para rejuvenescer o organismo e para curar todas as enfermidades. É inquestionável que nós podemos aprender a nos autocurar. Cada um de nós pode converter-se em seu próprio médico, aprendendo a curar-se a si mesmo e sem a necessidade de remédio. Eis aí o mais caro ideal. Faz-se urgente conservarmos este corpo em perfeita saúde durante muitos anos, a fim de dispormos deste precioso veículo para nossa autorealização íntima.

...[ler mais]
Não existem comentários sobre este livro Registe-se para comentar este livro